Brumadinho

01/02/2019

Vale faz doação para atingidos da Zona de Autossalvamento

A Vale vai ampliar o apoio financeiro humanitário para os atingidos pelo rompimento da barragem I, Brumadinho. Além da doação de R$ 100 mil para as famílias de vítimas fatais e desaparecidos, aqueles que moravam ou tinham suas atividades rurais ou comerciais na Zona de Autossalvamento (ZAS) do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM) receberão um apoio financeiro humanitário.

Serão criadas duas categorias de apoio financeiro: uma para todas as famílias que residiam na ZAS, que receberão a doação no valor de R$ 50 mil; e outra para os que não têm residência na região da ZAS, mas desenvolviam atividades rurais ou comerciais cadastradas pela companhia quando da elaboração do PAEBM. No segundo caso, a doação será de R$15 mil.

Os procedimentos para recebimento do apoio financeiro humanitário serão divulgados na próxima semana.

Importante destacar que esse apoio financeiro humanitário é uma doação, sendo uma forma de minimizar possíveis incertezas dos atingidos. Não se trata de indenização, que será acordada entre as partes em conjunto com as autoridades.

Além desta ação, a Vale está realizando diversas ações humanitárias. Desde o rompimento da barragem, a empresa se mobilizou para prestar assistência e acolhimento à população e aos familiares dos atingidos, com médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e voluntários, totalizando mais de 300 pessoas.

A Vale disponibilizou postos para atendimento, além de três telefones para contato e esclarecimento de dúvidas: 0800 031 0831 (Alô Brumadinho), 0800 285 7000 (Alô Ferrovias) e 0800 821 5000 (Ouvidoria da Vale).