Brumadinho

04/02/2019

Vale informa sobre decisão de paralisação temporária das operações do Complexo de Vargem Grande

A Vale, em complemento ao Fato Relevante datado de 29 de janeiro de 2019 ("FR") sobre a aceleração do plano já existente desde 2016 de descomissionamento de barragens com método construtivo a montante, informa sobre sua decisão de antecipar a suspensão temporária da produção das plantas de concentração do Complexo de Vargem Grande.

É importante reforçar que a Vale já havia decidido em 2016, logo após o rompimento da barragem da Samarco, descomissionar todas as suas 19 barragens a montante existentes à época, para o minério de ferro no Brasil. Ao longo dos últimos anos, todas elas se tornaram inativas e mantiveram seus laudos de estabilidade emitidos por empresas especializadas e independentes. Desde esta decisão em 2016, após as devidas autorizações junto aos órgãos competentes, 9 destas barragens a montante haviam sido totalmente descomissionadas, faltando ainda 10, das quais a barragem de Vargem Grande é uma delas.

A presente suspensão temporária do Complexo Vargem Grande visa acelerar ainda mais o processo de descomissionamento citado no FR, pois permitirá o início imediato da coleta de dados para elaboração de projeto detalhado.

A suspensão do Complexo Vargem Grande representa em torno de 13 milhões de toneladas de minério de ferro por ano processados a úmido da estimativa total de 40 milhões por ano anunciados no FR, impacto este que será parcialmente compensado através do aumento de produção em outros sistemas da companhia.